Hungria Bonita Visitas City-Tour Budapeste Hungria Comunista (4h)
Hungria Comunista (4h)

alt

Passeio em Budapeste
Duração: 4 horas

Experimente o Tour '56 para conhecer os fatos da revolução húngara de 1956, visite os lugares mais importantes relacionados com os acontecimentos e dê uma olhada nos bastidores!

A revolução foi um levantamento popular espontâneo contra o governo estalinista húngara e contra a política imposta pela União Soviética: tudo começou no dia 23 de Outubro de 1956 com uma grande manifestação estudantil. Os jovens fizeram uma marcha pelo centro da capital. Exigiam o fim da ocupação soviética e a implantação do "socialismo verdadeiro". Quando os estudantes tentaram resgatar alguns colegas que haviam sido presos pela polícia política, esta abriu fogo contra a multidão. No dia 4 de Novembro de 1956, o Exército Vermelho invadiu a cidade e seis dias depois a resistência organizada chegou ao fim.


>>> Saiba mais sobre A Revolução Húngara de 1956.

>>> Se você está interessado na Hungria Comunista, também vai gostar da visita Relíquias da Guerra fria da Hungria Comunista.

Pontos principais do Tour '56:

  • Pick up no seu hotel
  • Praça Bem: lugar da primeira grande demonstração no dia 23 de Outubro de 1956. A bandeira esburacada.
  • O Parlamento Húngaro que a partir de 29 de Outubro foi a sede do governo de Imre Nagy, a Rádio Kossuth Livre, difusora durante a revolução (parada para fotos).
  • Praça Szabadság (Praça da Liberdade): Embaixada dos Estados Unidos da América, onde cardeal Mindszenty se refugiou no dia de 4 de Novembro: ele passou 15 anos neste edifício.
  • Corvin köz: o cinema e arredores eram a base do maior grupo de civis armados (parada para fotos)
  • Új köztemető (Cemitério Novo da Comunidade) Imre Nagy, Pál Maléter, Miklós Gimes, líderes da revolução foram executados em 1958 e enterrados secretamente num canto longínquo deste cemitério. Em 1989 os corpos foram exumados e re-enterrados na parcela 301.
  • Praça dos Heróis: Relembramos a destruição da estátua do Estaline, a manifestação das mulheres em 4 de Dezembro de 1956 (contra a “matança de 25 de Outubro”), e a demonstração "pró-Kadar" no dia 1 de Maio de 1957.
  • Museu „Casa do Terror” (opcional, o ingresso não está incluído). Se quiser visitar a Casa do Terror, damos explicações históricas para conhecer o lugar.
  • O tour termina aqui, ou voltamos para o seu hotel.

Duração: aproximadamente 4 horas