Hungria Bonita Início Artigos sobre Budapeste Exposição das fotos de Robert Capa no Palácio De Artes em Budapeste
Exposição das fotos de Robert Capa no Palácio De Artes em Budapeste

2 de Julho até 11 de Outubro de 2009

Robert Capa é um dos maiores fotógrafos do século XX. O Museu Nacional Húngaro logrou de comprar 985 pecas da obra do fotógrafo, de que 48 foram evoluídas pelo mestre próprio há uns 50 anos.

 

Se suas imagens não foram boas, quer dizer que você não se acercou o suficiente ao tema

Porque é tão significativo a obra de Robert Capa para nós, húngaros? Porque ele é – como muitas outras entre as figuras importantes da história da humanidade, nascido de Húngaro, sob o nome de Endre Ernő Friedmann. Desde 1930 ocupa-se com a fotografia, mais que nada fazendo fotos para a agência Dephot Berlim. Depois muda-se para Paris, onde encontra amigos como André Kertész, Cartier-Bresson e é em Paris donde se encontra com o seu eterno amor, com a fotógrafa Gerda Taro.

Se dedica mais e mais a fotografia, escolhe um nome de artista Robert Capa (sendo o nome original Endre Ernő Friedmann). Como repórter de guerra participa na Guerra civil na Espanha, depois emigra para os Estados Unidos. Na segunda guerra mundial passa nas batalhas todas da Europa como repórter revista. Junto com amigos ele é um dos fundadores da agência de fotos Magnum. Sua última viagem vai para Vietnã, trabalhou mais uma vez na plena batalha, onde morreu após pisar uma mina terrestre.

Como repórter de guerra os suas virtudes foram a dureza, o sentido violente de chegar até o lugar do acontecimento, sensibilidade de ter olho para escolher e compor o tema. Teve que sofrer muito ao estar presente nas grandes guerras, sem tomar partido com os refugiados ou feridos. O seu slogan foi: “Se suas imagens não foram boas, quer dizer que você não se acercou o suficiente ao tema.” Ele estava perto da morte de um militante, estava no meio da guerra na Indochina, quando a mina bateu fatal.

O público budapestense já viu uma selecção de 30 fotografias

Entre 6 e 15 de Março de 2009, no Museu Nacional Húngaro, o público budapestense já viu uma selecção de 30 fotografias. A grande exposição de envergadura da colecção será em 2 de Julho no Palácio de Artes/Museu Ludwig e pode ser visitado até 11 de Outubro. A partir de Novembro os organizadores planejam uma exposição itinerante de fotografias seleccionadas será apresentada várias cidades de Hungria.