Saí de Budapeste com o coração partido, sentindo que parte de mim ficou por lá, assim como parte de lá voltou comigo. Não sei explicar exatamente o porque, mas depois dessa viagem escolhi a Hungria como meu segundo País!...

Ricardo

Prezada Kátalin,

Talvez você não se lembre de mim. Sou o Ricardo Paul, estivem em Budapeste em setembro deste ano, no grupo organizado pelo ********* *********. Fomos guiados por você durante um dia inteiro, com um grupo de aproximadamente 16 pessoas. Escrevo apenas para lhe agradecer pela oportunidade que tive de ver Budapeste com seus olhos. Mais importante do que conhecer a arquitetura da cidade, tivemos a oportunidade de sentir um pouco da alma húngara e conhecer melhor sua história. Não tenho receio em afirmar que para todos da excursão o ponto maior da viagem foi Budapeste, e devemos isso à você, que nos deu essa oportunidade. Não foram poucas as vezes que me emocionei durante nossas andanças, nem tampouco as vezes que me apaixonei por vários detalhes e delicadezas ao longo do dia.

Saí de Budapeste com o coração partido, sentindo que parte de mim ficou por lá, assim como parte de lá voltou comigo. Não sei explicar exatamente o porque, mas depois dessa viagem escolhi a Hungria como meu segundo País!

Estarei sempre pensando no seu povo e torcendo pelo seu sucesso e felicidade. Aqui no Brasil diziam que iríamos encontrar um povo melancólico, quando na verdade encontramos um povo lindo, feliz, sincero e guerreiro. Com seu olhar aprendi a amar a Hungria.

Muito obrigado,

Forte abraço,

Ricardo